terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Análise - "Restitui" de Toque no Altar

Hoje vamos analisar mais uma música dentro da Filosofia Humanista (para saber mais sobre o assunto, clique aqui). "Restitui", pelo nome já se percebe que o centro da mensagem é o próprio homem, que busca a Deus para satisfazer sua própria vontade. Aqui é mais que uma busca ou um pedido: é uma ordem. E você vai perceber o quanto esta filosofia maligna está encharcando esta música. Vamos analisá-la.

Em primeiro lugar, é uma melodia lenta, que pode ser confundida com melodia de "Adoração". Mas perceba que em nenhum momento a música adora a Deus. Esta é uma das características da música com filosofia humanista: ela é disfarçada de adoração, mas na verdade, é antropocêntrica, isto é, o ser humano é o centro das atenções, e Deus é um mero coadjuvante para realizar suas vantagens.

Vamos à letra.

"Restitui" (Toque no Altar)

Os planos que foram embora
O sonho que se perdeu

Em primeiro lugar, começamos logo com essa frase. Uma frase que mexe emocionalmente com quem a ouve. Uma pessoa que perdeu coisas materiais, que teve problemas financeiros, que tem problemas familiares, enfim. Essa pessoa automaticamente fica mais sucetível à emoções quando ouve esta frase.

Outro problema: a música está falando dos sonhos de quem? Dos planos de quem? De Deus para o homem ou do próprio coração do homem?

Quando um crente quer realmente ser servo de Deus, ele pode até fazer planos, mas espera a resposta certa do Senhor (Provérbios 16.1). Ele espera no Senhor sem desistir, na certeza que Ele não falha, pois "O justo viverá pela fé" (Gálatas 3.11). A certeza do crente é que, mesmo que seus planos dêem errado, os planos do Senhor nunca podem ser frustrados (Jó 41.2).

Então, se a música já começa falando sobre os planos que foram embora e o sonho que se perdeu, estes planos e sonhos não são os planos de Deus para o homem, e sim, do homem para sua própria vida. Continuemos.

O que era festa e agora
É luto do que já morreu

Uma forma de criar emocionalismo em cultos é usar a queda ou depressão de alguém numa música, e colocar que foi "o Diabo que levou embora" quando não há respaldo bíblico que o diabo faça tal coisa. Mesmo na história de Jó, quando tudo foi levado dele, foi com o consentimento de Deus, porque Ele tinha planos maiores para Jó. Mas, em nenhum momento, Jó pediu "restituição" do que havia perdido. Ao contrário. Jó disse:

"O Senhor o deu, o Senhor o tomou. Bendito seja o nome do Senhor."

Por ter honrado a Deus e não ter se colocado no centro de sua própria vontade, Deus restituiu a tudo quanto Jó tinha, dando-lhe muito mais. Aquilo tudo foi uma experiência para Jó, ele conheceu a Deus de perto, tendo intimidade com Ele. A história desta música é bem diferente da história de Jó. É uma versão humanista e antropocentrista.

Não podes pensar que este é o teu fim
Não é o que Deus planejou
Levante-se do chão
E erga um clamor
(...)
O tempo que roubado foi
Não poderá se comparar
A tudo aquilo que o Senhor
Tem preparado ao que clamar
Creia porque o poder de um clamor
Pode ressuscitar

Aqui corrobora-se a Filosofia Humanista em músicas gospel, como eu havia explicado em postagem específica. A disseminação da filosofia satânica disfarçada de "vontade de Deus" é explicitada aqui. O que o homem sonhou e desejou, mas que não era do coração de Deus (porque se frustrou, e o que Deus planeja não é frustrado jamais) se transforma em "vontade de Deus". Satanás leva a culpa pelas perdas do homem, retirando dele a culpa por ter planejado sem consultar a Deus e sem pedir orientação dEle. E ainda ensina ao homem a reclamar seu "direito" (?!). A música, em vez de incitar a um clamor de misericórdia a Deus, uma oração para que Deus o perdoe e ensine a caminhar segundo Sua benevolência e santa vontade, incita ao cristão que está nesta situação a fazer o seguinte clamor:

Restitui
Eu quero de volta o que é meu

A culminância da Filosofia Humanista. Deus passa a ser SERVO e o homem passa a ser SENHOR, que diz ao "servo" o que Ele deve fazer para garantir ao "senhor" seu BEM ESTAR. O exemplo de humildade de Jó e a forma como ele aprendeu com sua situação são deixados de lado numa comparação satânica e anti-bíblica. Uma heresia.


Conclusão

Esta é uma das músicas mais humanistas já compostas para se "adorar" a Deus. Incita ao cristão a exigir de Deus que seus próprios planos e sonhos sejam realizados, fantasiando-os de "vontade de Deus". Incita ao cristão a não ouvir a voz de Deus e fazer seus próprios sonhos e planos sem Sua divina orientação. Incita ao cristão a ser exigente ao invés de humilde. E em nenhum momento o cristão neste momento se ajoelha e ora a Deus, adorando-o.

Uma música satânica, herética, humanista, antropocentrista.

17 comentários:

  1. Aí já virou perseguição, amigo.. assim vc perde a credibilidade. Estou me retirando do seu blog...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo minha querida Priscila!!! e eu perdi meu tempo de ler essa baboseira!! rsrs

      Excluir
    2. Não é baboseira, querida... analise mais a fundo por favor e enxergarás que o que ele disse é verdade....

      Excluir
  2. Devo encorajá-lo a ser mais atencioso e menos tendencioso.
    Cuidado ao analisar é sempre bem vindo pra quem almeja o sucesso.
    Compartilho do seu conhecimento com relação ao domínio mundial total, mas seja cauteloso com este veículo de comunicação que está disponível a nível mundial. Estar sujeito a elogios e duras
    críticas faz parte da vida de quem está em domínio público. Espero ver novos artigos, mas um pouco mais ponderados e consistentes com mais referências e fatos.
    Que o Deus criador cujo nome é santo continue o abençoando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele foi bem analítico e objetivo, tomando por base as escrituras. Acusá-lo de tendencioso é mais tendencioso ainda. Tendencioso a entrar no consenso que as músicas deles são tão santas quanta à palavra.

      Excluir
  3. Muito bom esse comentário. Perfeito. Não aguentamos mais ouvir melodias de compositores sem conhecimento teológico e que acaba influenciando pessoas novas na fé ou mesmo pessoas que são facilmente influenciáveis sem a devida crítica bíblica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que o "amigo" fez este blog, pq tem pessoas como ele aki rsrs... e por falar nisto qual é mesmo o nome de quem escreveu esse monte de besteira!!??

      Excluir
  4. Concordo que a letra realmente influencia, meche com o emocional, mas se será um pedido ou ordem? de restituição de coisas materiais ou mesmo esperitualmente falando depende da cabeça e do coração de cada pessoa, eu canto essa música pedindo pra que Deus restaure em mim a vontade de adora-lo e que restaure o primeiro amor em mim, depende de cada um, não ache que o que vc escreve vale para todos...
    uma coisa peço ao Senhor e a buscarei, ordem ? afff..
    sabedoria é uma coisa conhecimento é outra !

    ResponderExcluir
  5. Vamos fazer o seguinte amigo: me diga quantas almas retornaram aos pés do Senhor Jesus ao ouvir esta canção? me diga quantas pessoas foram alcançadas? quantas pessoas haviam perdido tudo e queriam se matar e ouviram esta música e encontrou a Vida em Deus? (com certeza você não vai saber responder pois isto só Deus sabe) não seja como os fariseus que procuravam sempre um motivo para prender e matar a Jesus, somente porque ele não trouxe o que eles queriam ouvir e sim o que precisavam ouvir... ...estive em uma situação em que eu havia perdido a comunhão com Deus e ao ouvir esta canção eu fiz o clamor que está escrito na música e Deus me renovou... ...Jesus falava por parábolas, e vc já verificou que os seus exemplos eram todos humanos!!?? Irmão! peça experiência com Deus e depois disto volte a escrever sobre isto aqui, leia provérbios, lá ensina sobre como buscar a sabedoria!!! fica na Paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O sujeito se esforça para denunciar este engodo e tachado de fariseu. Meu amigo Paulo fora um fariseu e nunca condenou os fariseus pelo que eles faziam, mas como se fazia. Os fariseus erma homens também zelosos e por zelo à Lei que Deus mandou, eles faziam aquelas coisas devido Deus não ter-lhes agraciado com a fé em Jesus.
      Joshua, o bloguista por zelo e amor ao evangelho está tirando o rótulo de evangélico àquilo que não o é. Carece a você e outros que defendem essas gospices um estudo sobre análise textual. Isso deveria ser aprendido nas escolas, mas hoje os professores se prezam a falar em política. E certamente o estudo da maioria é assim e assim são todos os gospeltes e cantores goslpels.

      Excluir
  6. Quanto mimimi nesses comentários hein ¬¬'

    Só pelo fato da canção ser de uma banda popular no meio evangélico ela está correta livre de críticas, e interpretações?

    Antes de tudo alguns dos leitores revoltados com o texto devem estudar um pouco português, tempos verbais e interpretação de texto.

    Também aprender a pensar por si e não ir de acordo com o que a maioria curte e aprova. Aceitando leituras e interpretações "mastigadas" sem desenvolver um senso crítico e analítico.

    Sem mais.

    ResponderExcluir
  7. Gente, vcs conhecem a história dessa musica?
    Antes de criticar, conheçam em que circunstâncias ela foi composta.
    O davi Sacer traiu a veronica com alguem do grupo, e por um erro dele, ele perdeu a família...
    Vamos à analise...

    * Os planos que foram embora - Ele tinha planos com a esposa, não?

    * O sonho que se perdeu - O Sonho do conceito familia se perdeu por um erro dele

    * O que era festa e agora é luto do que já morreu - ele era feliz com a familia, e agora só fica remoendo os erros, e arrependimentos.

    * não posso pensar que esse é meu fim - começa a se erguer, e ter vontade de lutar por tudo, depois do arrependimento (certamente foi perdoado por Deus, se ele se arrependeu de verdade)

    * Não é o que Deus planejou - Deus não quer ver famílias sendo destruídas, esse é o papel do diabo, não de Deus, alguém descorda??

    * Levante-se do chão, e erga um clamor - davi sacer falando pra ele mesmo, "ei, acorda, pede a ajuda de Deus"

    * Restitui! Eu quero de volta o que é meu! - Ele está falando pra Deus que ele quer de volta tudo o que ele perdeu, por conta dos erros dele mesmo. Pq ele sabe que não foi Deus que tirou, mas sim ele que caiu na "onda" do diabo e destruiu a familia dele.

    * Sara-me e poe teu azeite em minha dor - Imagina a dor de perder a familia e saber que foi por culpa sua???

    * E o tempo que roubado foi
    Não poderá se comparar
    A tudo aquilo que o Senhor
    Tem preparado ao que clamar
    Creia porque o poder de um clamor
    Pode ressuscitar! - Vc não crê nisso??? OU simplesmente vc fica quieto??? Vcs não creem no poder da oração??? Deus sabe o que vc quer, mas se vc não pedir, ele não te dá...

    Não critiquem gente... essa música trouxe muitas pessoas pros caminhos de Jesus! E vc, o que tem feito pra trazer pessoas pra Jesus???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso que eu chamaria de advogado do diabo. Filha, o sueito acaba com a família e Deus é o culpado?

      Valha-me Deus!

      Excluir
  8. vendo por este lado jessy,a letra já não faz mal nenhum.

    ResponderExcluir
  9. E isso mesmo esta certìssimo,Deus nao é nosso empregado para exigirmos o que nosso coraçao deseja,mas dever prestar humilhaçao perante a soverania de DEUS,quem tem ouvido ouça o que o espirito diz a igreja, amém.

    ResponderExcluir
  10. a palavra de Deus é bem clara que nos ultimos dias iriam aparecer falsos profetas, lobos em pele de cordeiro, a realidade é que ninguem quer aceitar a verdade, só vai abrir os olhos quando Jesus voltar para buscar sua igreja e ai será tarde demais hoje tudo circula em volta do dinheiro. Sem falar no absurdo que esses cantores cobram para cantar nas igreja ,isso é uma vergonha

    ResponderExcluir
  11. Não é só o Sacer. Quem ouvir as músicas do VPC, Koynonia, Renascer e outras equipes que foram sucesso nos anos 80 e 90, sem saudosismo, verão que o centro do louvor é Deus. Neste século o homem é o pivô e ainda chamam isso de adoração. Adoração a quem? Me incomoda essas músicas serem chamadas de adoração. Faz parte do mover "auto-ajuda" as mensagens também estão assim nas igrejas: "vc vai vencer", "Jeová vai dar a vitória", "vc vai viver uma virada", etc

    ResponderExcluir